sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Novos Consoles com sistema Android


2013, sem duvida, é um ano que marcará um avanço para o desenvolvimento na área da indústria de games.
A oitava geração de consoles já foi aberta com a chegada do Nintendo Wii U, lançado no fim do ano passado, e se especula que dia 20 de fevereiro pode ser anunciado o mais novo console da Sony, pois a própria empresa divulgou um vídeo, mostrando que nesse dia algum produto será anunciado, e fortificando as especulações, nos últimos dias começaram a circula imagens na Internet do provável novo joystick da Sony. Além disso, a Microsoft anunciou antes da Sony, que no evento da E3 (Electronic Entertainment Expo) desse ano, será lançado o console sucessor ao Xbox 360.
Mas o que acabou sendo uma surpresa para muitos gamers, foram os dois novos consoles que também estarão presentes na 8° geração. Os novos consoles são bastante semelhantes pelo fato dos dois rodarem jogos compatíveis ao sistema Android, e a forma que os dois arrecadaram investimentos para que os projetos fossem concretizados.

Kickstarter
Para quem não sabe, o Kickstarter é um site de financiamento coletivo, na qual facilita o caminho de um desenvolvedor de algum projeto que o considere inovador e que ache que vai despertar a atenção dos consumidores alvos da área daquele projeto, para que elas invistam nele para que seja lançado. 

Ouya e GameStick bateram a meta da quantia proposta para arrecadarem antes mesmo do prazo final, e já são considerados grandes concorrentes dos “convencionais consoles”  que serão lançados.

Detalhes dos novos Consoles:
                                                   
                                                                 Ouya


O Ouya pesa menos de 300g e tem processador quad-core Nvidia Tegra 3 e 1GB de RAM, 8GB de memória interna, expansível via USB. Ele conta com Wi-Fi, Bluetooth, saídas Ethernet e HDMI.
Será lançado nas lojas dos Estados Unidos em junho deste ano. Várias redes varejistas já estão realizando a pré-venda do videogame, que incluirá um controle, por US$ 99 (aproximadamente R$ 200), controles avulsos para o Ouya serão vendidos por US$ 49,99 (cerca de R$ 100). O preço do controle parece ser um pouco salgado, mas a razão pode ser explicada pelo fato dele possuir no centro um touchpad (similar ao de notebooks).   



GameStick

O GameStick não usa nenhum tipo de fio, nem para conectá-lo à TV ou para ligá-lo em uma tomada. O console é do tamanho de um pen drive e é conectado no televisor na entrada HDMI - para imagem e energia - e tem um controle sem fio para controlar os games. O joystick tem um design atraente possui a conexão sem fio por Bluetooth ao console. Além disso,  possui um espaço criativo para guardar o videogame. Ele tem um processador Amlogic de dois núcleos e deve ser vendido por cerca de US$ 80. A previsão da PlayJam é lançar o videogame em abril.

Minha opinião:
Não sou o mais adequado para opinar sobre os dois novos consoles, mas se você quer saber a opinião de um leigo, ai vai...
Sem duvidas os dois consoles me atraem, por serem simples e baratos, e por possuírem um design chamativo e muito bonito a primeira impressão. Cada um possui um conceito diferente em termos de design, e o que mais me atraiu foi o GameStick, pelo console ser bastante portátil, não que o Ouya não seja, mas pelo fato de ocupar bem menos espaço . Outra vantagem é que a única exigência para os jogos da plataforma é que eles sempre sejam gratuitos ou que tenham preços muito baixos . 
Em relação ao que falam deles serem concorrentes aos futuros consoles, eu discordo, pois não é uma competição direta com eles,  já que os jogos possuem uma estrutura diferente, ainda mais por serem de  uma plataforma que estimula produções  independentes, pois como rodam Android, que é baseado em Linux, seu sistema é aberto e pode bastante ser alterado.
Bom, dando uma resumida no assunto, eles já provaram que possuem uma demanda grande de consumidores, que na maioria já são familiarizados com a plataforma e que aprovam a ideia de jogarem esses jogos em suas tevês e não apenas em smartphones e tablets. O futuro desses consoles só saberemos daqui há algum tempo.                     



Nenhum comentário:

Postar um comentário