domingo, 10 de fevereiro de 2013

Bico Doce? Sweet Tooth, a história do menino cervo

Quando fui a uma loja de quadrinhos, me deparei com uma pequena revista, que seria uma “amostra grátis” de dois títulos que seriam lançados pela Panini, de duas novas séries da Vertigo, o excelente selo independente da DC Comics. O primeiro se chama Sweet Tooth – Depois do Apocalipse, de Jeff Lemire, e o segundo, O Inescrito, de Mike Carey.
Depois de uma rápida folheada, o que me chamou mais atenção foi o primeiro título, principalmente pelo fato do personagem principal ter dois chifres de cervo, e o traço do autor, que além de chamar atenção por ser simples, acabou me incomodando um pouco. 




O preview acabou me deixando com bastante vontade de ler a continuação da história. Ao chegar em casa, pesquisei um pouco sobre a série, com receio de ser apenas mais uma historia com o básico “pós-apocalíptica”, mas em minha rápida busca por algumas resenhas críticas, me empolguei bastante, por causa da maioria dos comentários serem elogios a série.   
Esse mês (um pouco atrasado, já que foi publicada em novembro) eu desenrolei R$15,90 do meu sofrido bolso para terminar a leitura que comecei no preview. 
Bom, deixando de enrolação, minha opinião resumida sobre a HQ em geral:


-O traço que em minha primeira impressão incomodou um pouco, por ser um traço bem alternativo, depois de terminar o encadernado, mudou minha opinião, já que agora eu vejo que combina perfeitamente com a historia, e na forma que autor deseja demostrar em cada quadro.

-A historia em si, não é algo surpreendente e inovador, mas é algo que me prendeu e me deixou com a mesma vontade da qual eu tive ao terminar o preview.

-O preço é meio salgado para um encadernado de 5 capítulos, mas o fato do papel(17 x 26 cm) ser LWC em vez do convencional Pisa brite, explica um pouco o preço.

-Agora a notícia mais chata, a próxima edição que é para ser publicada agora em fevereiro, vai ter 148 páginas em vez de 132, e acredito que seja esse o motivo para que o preço passe de R$15,90 para R$19,90.    

Há uma década, o Flagelo assolou a humanidade como um incêndio descontrolado em uma floresta seca e matou bilhões. As únicas crianças nascidas após o evento são híbridas, uma nova espécie que mescla características humanas e animais, e é perseguida. Gus é uma dessas crianças ameaçadas, um menino com uma alma dócil, uma queda por doces e traços de cervo.
Mas garotos como ele têm a cabeça a prêmio. Quando seu lar é atacado por caçadores inescrupulosos, um homem misterioso e violento aparece para ele promete levar o jovem até a mítica lhe salvar. O nome dele é Jepperd e  Reserva, um paraíso para crianças híbridas.
Enquanto cruzam o terreno ameaçador que os separa de seu destino abençoado, ambos serão postos a prova. Mas quem será mais afetado? Jepperd corromperá a inocência do jovem híbrido ou a pureza de Gus amolecerá o bruto coração de Jepperd?
Se você gostou, e se pode abrir mão de R$15,90 pela primeira edição, por uma boa historia, na qual eu recomendo pelo menos a primeira edição, que me empolgou o suficiente para comprar a próxima. As próximas edições, se forem como da primeira para a segunda, serão lançadas em mais ou menos em três e três meses.


Nenhum comentário:

Postar um comentário